Origem do fermento

Em 2500 a.C. os egípcios já utilizavam métodos para fazer o pão crescer. As massas velhas, azedas, eram adicionadas as novas tornando o pão mais saboroso e leve. Este método ficou conhecido como método da massa azeda. Durante muitos séculos não sabiam explicar as causas da fermentação.
O organismo vivo que fazia a massa crescer era a levedura, e por ser muito pequena expressa em milionésimos de milímetros, não era visível a olho nu. Em 1674, Van Leewennhoek desenvolveu seu próprio microscópio e observou que glóbulos minúsculos fermentavam em uma solução de açúcar.
Em 1850, o grande pesquisador Louis Pasteur descobriu que os minúsculos glóbulos eram plantas unicelulares (células do fermento), ele observou que estas células utilizavam substâncias para o meio (CO2).
Então o fermento para panificação consiste em fungos unicelulares que pertencem ao grupo saccharomices cerevisae. Responda nossa enquete:

 Visite o site “O gastrônomo” e confira os eventos: “festival de pizzas”, “massas”, “risotos”, “oriental” e “mexicano”.
“O gastrônomo” também oferece cursos de “pizzas”, “massas” e “risotos”. Além disso, “O gastrônomo” personalité; com o petit comité, que consiste em eventos para pequenos grupos, como “almoços” e “jantares” sociais ou de negócios, confira tudo isso com o Chef Moisés Costa.  Apoio: foodbrasil.net

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s