Arquivo da tag: árabes

História da esfiha

Conhecida como um prato típico árabe, a esfiha foi desenvolvida na Síria e difundida pelo Líbano; depois, para outros países de língua árabe e também no Ocidente. Sua massa tradicional é a mesma que a do pão, contudo, em decorrência da difusão do prato, a massa passou a ser preparada com outros ingredientes específicos de outras regiões. Em relação ao seu formato, a esfiha pode ser aberta ou fechada. O recheio pode ser de carne bovina, carne de carneiro, queijo, coalhada ou verduras temperadas. Depois de recheada, é assada ao forno.
A esfiha chegou ao Brasil com os imigrantes árabes (sírio-libaneses) entre os séculos XIX e XX.
Conheça uma deliciosa receita de esfiha do Chef Moisés Costa. Clique aqui!

 Visite o site “O gastrônomo” e confira os eventos: “festival de pizzas”, “massas”, “risotos”, “oriental” e “mexicano”.
“O gastrônomo” também oferece cursos de “pizzas”, “massas” e “risotos”. Além disso, “O gastrônomo” personalité; com o petit comité, que consiste em eventos para pequenos grupos, como “almoços” e “jantares” sociais ou de negócios, confira tudo isso com o Chef Moisés Costa.  Apoio: foodbrasil.net

Anúncios

História do cuscuz de tomate

by: alunos do 7º ano Amarelo

Este pode ser considerado um prato que cruzou os mares. Originário de Maghreb, região norte do Continente Africano, o cuscuz tornou-se um prato típico em algumas regiões do Brasil, adquirindo certas especificidades, como no costume do sudeste do Brasil sendo incrementado com vários ingredientes, ou apenas ir acompanhado de leite, ovo, manteiga ou carne-seca, como é a preferência no nordeste do Brasil.
Originalmente, consiste num preparado de sêmola de cereais, principalmente o trigo, mas também pode ser à base de farinha ou polvilho de milho ou mandioca. Salgada e levemente umedecida, a massa é posta a marinar para incorporar o tempero. A partir daí, tem a sua cocção pela infusão no vapor.
Veja que saboroso o cuscuz de tomate elaborado pelos alunos do 7º ano Amarelo da E.E.”Dr. Luiz Pinto de Almeida”!

 Visite o site “O gastrônomo” e confira os eventos: “festival de pizzas”, “massas”, “risotos”, “oriental” e “mexicano”.
“O gastrônomo” também oferece cursos de “pizzas”, “massas” e “risotos”. Além disso, “O gastrônomo” personalité; com o petit comité, que consiste em eventos para pequenos grupos, como “almoços” e “jantares” sociais ou de negócios, confira tudo isso com o Chef Moisés Costa.  Apoio: foodbrasil.net